Como emagrecer de forma saudável

A cada dia é mais comum encontrarmos pessoas acima do seu peso ideal. A falta de tempo para alimentar-se corretamente ou até mesmo a despreocupação com uma alimentação mais regrada são fatores que contribuem para este fato. Porém, o sobrepeso não é um problema exclusivamente relacionado à estética. Estar acima do peso, além das mudanças físicas, pode acarretar inúmeras doenças graves que poderiam ser evitadas.

Mas o que seria emagrecer de forma salutar?

O emagrecimento não está ligado apenas ao fato de “parar” de se alimentar. Para alcançar este objetivo, é primordial que seja feita uma reeducação alimentar e conte com o acompanhamento de profissionais da saúde como endocrinologista, nutricionista e educador físico. Esses profissionais serão capazes de avaliar os possíveis danos já causados à sua saúde e assim elaborar uma dieta direcionada às necessidades reais do indivíduo, para que o mesmo possa ingerir alimentos que lhe saciem e façam bem ao seu corpo ao mesmo tempo.

É importante identificar os objetivos de cada pessoa para que eles sejam alcançados com sucesso. Existem inúmeros métodos que prometem milagres e emagrecimento rápido, porém, apesar de muitos deles realmente fazerem as pessoas perderem peso rapidamente, não se trata de métodos saudáveis, já que mudanças bruscas no nosso organismo afeta a nossa homeostase trazendo consequências indesejáveis.

Primeiramente, precisamos entender que o organismo precisa gastar as calorias consumidas. Os alimentos nos fornecem energia para manter as funções básicas. Essa energia absorvida no corpo é medida por uma unidade definida pelo Sistema Internacional de Medidas denominada caloria. E se, você consome mais calorias do que necessita, elas se depositam em algumas regiões do corpo.

Como emagrecer de forma saudável

Então, como começar a perder peso de forma benéfica à saúde?

Basicamente, deve-se gastar mais energia do que consumir, mas isso não pode e nem deve ser feito com pressa. Uma grande aliada do emagrecimento saudável é a paciência. Entenda primeiramente que haverá uma grande mudança de hábitos na sua rotina. Sejam eles alimentares, de exercícios ou descanso. Se você não tem o costume de acordar cedo para fazer uma atividade física por 1 hora, por exemplo, comece fazendo por 20 min e vá aumentando gradativamente conforme isso vai se tornando comum no seu dia a dia.

Em paralelo à iniciação de atividades físicas está a mudança alimentar. Não vai adiantar você correr por 1 hora todos os dias, se ao chegar em casa sua refeição seja composta de alimentos que contenham mais calorias do que você gastou. Na conta final você até pode conseguir perder um pouco de peso desta forma, porém está longe de ser algo saudável ao seu organismo.

É importante também conhecer quais alimentos contribuem para esse emagrecimento. Produtos industrializados, doces, massas e alimentos processados devem ser evitados ao máximo. Normalmente, eles contêm altas quantidades de sódio, são bastante calóricos e pouco nutritivos. Os carboidratos também devem ser consumidos com moderação. Produtos de origem vegetal serão seus aliados nesse processo.

As proteínas também serão parceiras importantes na sua dieta.  Se ingeridas de forma correta, além de beneficiar ganho de massa muscular, são capazes de elevar a saciedade, ajudando no controle do peso e melhora na qualidade de vida. Elas também demoram um pouco mais a serem digeridas pelo organismo, dessa forma a tendência é ficar sem fome por um maior período, e ao degustar sua próxima refeição consumirá uma quantidade menor de alimentos e calorias.

Aliada à alimentação, uma boa hidratação é primordial. Quanto mais água ingerir, mais saciado irá ficar, diminuirá a sensação de estômago vazio, além de melhorar a função intestinal e acelerar o metabolismo.

Como emagrecer de forma saudável

Benefícios de uma dieta equilibrada e saudável

O emagrecimento vai muito além da melhora estética do indivíduo. Alimentar-se de forma saudável já é considerado um estilo de vida que tem benefícios muito além da perca de peso. O corpo passará a estar bem nutrido, com o balanceamento hormonal adequado e as consequências para sua vida são imensuráveis.

Ao mudar sua rotina alimentar inserindo produtos naturais, já haverá uma melhora perceptível a curto prazo nos níveis de colesterol. Com a redução do triglicerídeos, o corpo estará melhor regulado, os hormônios passam a funcionar de forma harmônica e problemas futuros, como derrames cerebrais são prevenidos. Haverá também diminuição do risco de infartos e da pressão arterial.

Os níveis energéticos aumentarão e a sensação de disposição desde o momento que acorda e durante todo o dia passa a ser uma realidade. O sistema imune também será beneficiado. A longo prazo, será possível observar uma redução em contrair resfriados e níveis de estresse, por exemplo. Observará também uma melhora na libido, já que o consumo de alguns alimentos ajudam a elevar o desejo e apetite sexual.

Além destas mudanças “internas”, uma perca de peso gradativa e saudável também vai melhorar você “por fora”. Cabelos, unhas e pele, são algumas das transformações perceptíveis após o processo de emagrecimento e manutenção da saúde. A redução da barriga, apesar de ser, muitas vezes, o principal objetivo para quem deseja emagrecer, é um dos mais importantes benefícios, pois a gordura visceral acumulada nessa região pode ser considerada a mais nociva ao organismo.

Também haverá redução de gordura no fígado, evitando problemas como a cirrose, redução da sobrecarga nas articulações, o que muitas vezes leva a dores nos joelhos, diminuição do risco de diabetes, podendo inclusive levar à diminuição dos medicamentos utilizados. Já é comprovado que o excesso de peso pode estar aliado a alguns casos de câncer, perca do sono, riscos inflamatórios e até de morte.

Como emagrecer de forma saudável

Baseado em tudo isso, podemos afirmar que é sim possível emagrecer de forma saudável sem precisar recorrer a dietas extravagantes, uso de medicamentos ou procedimentos cirúrgicos. O importante neste processo é entender que não precisará deixar de comer tudo, mas sim aprender a comer o que faz bem ao seu corpo sem lhe fazer sofrer. Assim, o resultado poderá levar até um pouco mais de tempo para ser alcançado, porém os benefícios serão mantidos em sua vida e será visível que o esforço e dedicação para alcançar este objetivo foi de grande valia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *