Saiba como melhorar o ambiente de trabalho para os seus funcionários

Medidas simples podem ser eficazes para oferecer um expediente muito mais agradável. Veja como dar os primeiros passos!

Um bom trabalho de marketing faz toda a diferença para atrair e reter clientes. O que a alta administração de uma empresa muitas vezes se esquece, porém, é que o primeiro público que deve ser conquistado é o interno. O funcionário é o primeiro consumidor do seu produto ou serviço, já que ele atua tanto como um controle de qualidade (mesmo que atue em um segmento totalmente distinto) quanto como um promotor de sua empresa.

É preciso, portanto, criar estratégias reais, que elevem a qualidade do trabalho em si. Contar com o formato híbrido, criar um plano de cargos e salários atraente e oferecer equipamentos de segurança no trabalho são algumas das formas de garantir bem-estar e cuidado durante o expediente. Veja outras maneiras de melhorar o ambiente corporativo.

Ouça sua equipe

O primeiro passo para saber como melhorar o ambiente de trabalho é ouvir as pessoas que atuam nele. Pergunte aos colaboradores quais os pontos fortes e fracos da empresa, o que faz com que eles continuem trabalhando nela e o que pode ser feito para aperfeiçoar o local de trabalho.

É bem provável que as equipes se sintam constrangidas a falar abertamente sobre o que pensam. Uma solução eficaz é garantir o anonimato. Portanto, os funcionários podem responder formulários online ou conversar com o setor de recursos humanos. 

Se sua empresa tiver um relacionamento mais próximo com os colaboradores, é possível coletar essas informações com uma conversa mais informal. Vale observar qual a opção mais adequada para seu tipo de instituição. 

Invista na comunicação interna

Muitas das iniciativas para oferecer melhorias na empresa sequer chegam aos ouvidos dos funcionários. Quando não há uma comunicação interna bem-feita, a informação não chega aos interessados. Além disso, os veículos corporativos evitam ruídos e boatos que possam desestabilizar as equipes.

O primeiro passo para implementar a comunicação interna é conscientizando todos sobre sua importância. Só a partir daí é possível contar com estratégias e ferramentas eficazes, que possam levar informações relevantes a todos os interessados. É importante que essa conscientização parta da alta administração, como o CEO, e siga para os demais níveis.

Por fim, escolha os canais que estejam de acordo com a realidade da sua empresa. Há uma série deles, que vão desde o jornal-mural até as redes sociais corporativas. O importante é que eles sejam capazes de chegar até o seu público. 

Ofereça o formato híbrido

Para muitas pessoas, ir ao ambiente de trabalho é extremamente estressante — e isso nada tem a ver com o trabalho em si. Com a pandemia de covid-19, esse público percebeu como consegue ter mais produtividade em sua própria residência, pois não perde tanto tempo com trânsito, consegue resolver problemas domésticos e aumenta o contato com a família. Além disso, boa parte dos funcionários sente uma certa frustração em ter que ir ao local de trabalho para fazer algo que pode ser resolvido sem ter que sair de casa.

Para o gestor que gosta de manter o contato presencial com o corpo de trabalho, uma solução viável é o formato de trabalho híbrido, em que o funcionário fica três dias em home office, por exemplo, e o restante no escritório. Esse tipo de formato funciona principalmente com revezamento: enquanto um colaborador está em home office, outro que atua no mesmo segmento fica no escritório, e vice-versa.

Crie um plano de cargos e salários

O funcionário celetista é interessado em estabilidade, mas isso não significa que não deseje crescer na empresa. Oportunidade de carreira, aliás, é o que muitas vezes faz com que bons talentos comecem a trabalhar para a concorrência.

Comece criando um roteiro com todos os cargos e atribuições que um colaborador pode ter na sua empresa, assim como a remuneração máxima que pode ser alcançada com a conquista de metas e com um tempo específico de contratação. Depois, classifique-os como júnior, pleno ou sênior, fornecendo vantagens ascendentes para estimular o trabalhador a subir de colocação.

Tenha sempre bons equipamentos de segurança

Empresas de saúde, segurança do trabalho e engenharia precisam contar com equipamentos de proteção individual (EPI) para garantir que os funcionários trabalhem com o máximo de segurança possível. Contudo, até mesmo escritórios podem contar com recursos que protejam o trabalhador, como álcool em gel à disposição, máscaras descartáveis e distanciamento entre as cadeiras de trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.