Vídeo: O hat-trick e a emoção de Nando

Compartilhe esse conteúdo

O atacante Nando conseguiu um hat-trick (três gols num mesmo jogo) na última rodada do Campeonato Potiguar, sendo responsável mais que direto pela vitória do ABC sobre o Baraúnas (3 a 1) no estádio Frasqueirão.
 
A particularidade maior é que o camisa 9 alvinegro entrou em campo em luto pela morte de seu pai, ocorrida um dia antes do jogo.  
 
Nando teria sido liberado para viajar, mas optou por não ir. “Não fui embora porque sei que a equipe está precisando. Tenho certeza que meu pai está muito orgulhoso de mim”, disse.
 
Assista aos vídeos dos gols (com os melhores momentos) e da entrevista que ele concedeu ao Esporte Interativo:
 
Gols
 
Entrevista

Empresário quer Wallyson no Vila Nova; ABC mantém proposta

Compartilhe esse conteúdo

O ABC ficou mais distante da contratação do atacante Wallyson após reunião evolvendo membros da cúpula alvinegra e um agente do jogador na manhã desta quinta-feira (29). Durante o encontro, o representante do atleta apresentou uma proposta do Vila Nova/GO e disse que Wallyson deve encaminhar a sua transferência para o clube goiano nos próximos dias.
 
A transferência para o Vila Nova é vista com bons olhos pelo empresário do jogador, o uruguaio Juan Figer, dono do passe de Wallyson até 2018. O atacante tem vínculo com o Deportivo Maldonado, do Uruguai, e atuou a atual temporada pelo Santa Cruz/PE, por empréstimo.
 
A intenção de Figer é que Wallyson atue em 2017 por um time de maior projeção. O uruguaio também acredita que o retorno do jogador ao ABC, clube que revelou o atacante, poderia significar a “antecipação do fim da sua carreira”, conforme explica o vice-presidente de futebol do ABC, Leonardo Arruda.
 
 “A negociação [com Wallyson] ficou mais difícil. O empresário dele, o Juan [Figer], não quer que ele venha para o ABC. Ele acredita que a volta para o ABC iria desvalorizar o passe de Wallyson, que ainda sonha em se transferir para o exterior”, disse.
 
O ABC, no entanto, mantém a proposta pelo jogador de 28 anos. O retorno de Wallyson é visto com bons olhos pelos potiguares, significando ganho técnico dentro de campo e midiático fora das quatro linhas. A proposta abecedista, segundo Leonardo Arruda, está “dentro da realidade do time e de acordo com a realidade do mercado”. 
 
Essa é a segunda vez que o ABC tenta contratar Wallyson em 2016. No início da temporada, Judas Tadeu, presidente do clube, chegou a fazer uma proposta oficial pelo jogador. Wallyson aprimorava a parte física no ABC quando foi sondado. Juan Figer não aceitou a negociação, usando como argumento que levaria o atacante para fora do país. Ele acabou sendo emprestado para o Santa Cruz, do Recife, para disputa do Campeonato Brasileiro da Série A. 
 
A passagem pelo tricolor pernambucano, no entanto, não foi nada perto do desejado. Em 32 jogos, o atacante marcou apenas dois gols e terminou o ano em baixa.

Diretoria do ABC se reúne com agente de Wallyson nesta quinta

Compartilhe esse conteúdo

O atacante Wallyson, de 28 anos, negocia o seu retorno ao ABC. Membros da diretoria do clube e o agente do jogador se reúnem na manhã desta quinta-feira, em Natal, para discutir a transferência. 
 
O presidente do ABC, Judas Tadeu, confirmou a negociação, tratada como prioridade pela cúpula abecedista. Segundo Tadeu, será colocada na mesa uma proposta salarial abaixo dos vencimentos recebidos pelo jogador nesta temporada, quando Wallyson defendeu o Santa Cruz. O clube pernambucano disputou a Série A do Campeonato Brasileiro, mas acabou rebaixado.
 
O principal argumento que será usado pelo ABC para convencer Wallyson de retornar ao seu antigo clube será o fator emocional. Em baixa na carreira após uma temporada apagada, o alvinegro abriria as portas para o retorno em grande estilo do seu principal ídolo recente. 
 
Judas Tadeu, no entanto, admitiu que a negociação não é simples. “Acredito que o martelo não será batido na reunião de hoje. Queremos apresentar o projeto do ABC para o agente dele e mostrar para ele que, no ABC, Wallyson poderá voltar a viver uma grande fase”, disse o mandatário abecedista.
 
Atualmente, Wallyson está sem clube. O jogador foi dispensado pelo Santa Cruz ao término do Campeonato Brasileiro e não deixou saudades. Em 32 jogos, o atacante marcou apenas dois gols.
 
Wallyson ganhou projeção nacional em 2007, após temporada brilhante pelo ABC. O jogador foi artilheiro do Campeonato Potiguar daquele ano, com 10 gols marcados, e uma das peças fundamentais do acesso alvinegro para a Série B de 2008, marcando 16 vezes durante a Série C. Ele deixou o clube em 2008 para defender o Atlético/PR.
 
Além do ABC, o Vila Nova também teria demonstrado interesse em contar com Wallyson para a próxima temporada.

Veja os gols da vitória do América no primeiro jogo-treino do ano

Compartilhe esse conteúdo

O América fez, nesta quarta-feira (21), a sua primeira apresentação na temporada.  O time comandado por Felipe Surian enfrentou o Expresso Jerimum, equipe formada por jogadores ligados ao Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado, e venceu por 2 a 1.
 
Os gols da partida foram marcados por Michel Cury e Dija Baiano, de pênalti, para o alvirrubro, enquanto Binha descontou para os visitantes.
 
A partida aconteceu no Centro de Treinamentos Abílio Medeiros, do América, em Parnamirim. A torcida americana pôde acompanhar o jogo-treino e um número significativo de torcedores esteve no local.
 
Veja os gols da partida:
 

Chapecoense: um sonho que jamais vai terminar

Compartilhe esse conteúdo

A Chapecoense é o segundo time do coração de todo brasileiro. E não apenas por ter unido gregos e troianos tupiniquins após a interrupção trágica de uma trajetória campeã. Mas sim por ter sido a mais perfeita impressão de um sonho em nosso mundo real. 
 
A Chape era aquele garoto nascido num quinhão distante que sonha em brilhar num grande clube, tendo como plateia algum famoso palco do futebol nacional e sendo primeira página dos periódicos.
 
Era um menino de 43 anos, morador de uma casa que vivia cheia e filho de uma família completamente apaixonada. 
 
O sonho da Chapecoense era impossível de não ser compartilhado por qualquer ser vivente amante ou, pelo menos, admirador do futebol. O Índio representa todos os times guerreiros que desafiam gigantes e provam que é possível vencê-los. Que não existe inimigo maior que um sonho. 
 
A lembrança que fica são as expressões nos rostos daqueles meninos, o brilho no olhar de quem, no dia seguinte, viverá o dia mais importante de suas vidas.
 
Assim fica mais fácil entender que, para aqueles que partiram, esse dia jamais foi triste. Como o menino que vai dormir ansioso – e feliz - pela final dos jogos da escola ou do bairro agendada para o dia seguinte, partiram eles em direção a um sonho que jamais acabará.  
 
Dormiram em paz, subindo, em direção ao lugar mais alto que já chegaram em suas vidas. E que assim seja para todo o sempre! 
 

Torcedor do Guarani faz tatuagem para eternizar goleada sobre o ABC

Compartilhe esse conteúdo

A virada histórica do Guarani sobre o ABC (o time de Campinas venceu o Alvinegro por 6 a 0 depois de perder por 4 a 0 no jogo de ida) na semifinal da Série C do Campeonato Brasileiro de 2016 é algo que vai ficar eternizado na história de ambos os times. Principalmente, claro, na do Bugre. 

Prova disso é que o perfil oficial do clube no Instagram publicou uma foto de um torcedor que tatuou o feito histórico. 

"O impossível é uma questão de opinião / Guarani 6x0 ABC / 23.10.2016" dis a inscrição cravada na perna. 

A frase foi citada pelo técnico Marcelo Chamusca após o feito inédito do Guarani e faz parte de uma canção chamada "Só os loucos sabem", da banda Charlie Brown Jr. 

Chamusca havia usada uma outra música, chamada "Nada é impossível", escrita por Chorão (ex-vocalista do Charlie Brown) e Pregador Luo, após a derrota em Natal.

"O impossível é apenas uma questão de opinião. Muitas pessoas não acreditavam, mas quem presenciou o dia a dia deste grupo sabia que era possível", comentou o treinador após seu time conquista a vaga na final da Terceirona. 

 

"O IMPOSSÍVEL É UMA QUESTÃO DE OPINIÃO!" @marcelochamusca_ @wfilho78

Uma foto publicada por Guarani Futebol Clube (@guaranifc_oficial) em