Rival do América na Copa do Nordeste anuncia meia do Palmeiras

Compartilhe esse conteúdo

O Vitória anunciou a contratação do meia Cleiton Xavier, do Palmeiras. O vínculo do jogador com o clube baiano terá duração de dois anos e meio.

Cleiton tinha contrato com o Palmeiras até fevereiro de 2018. Para deixá-lo sair antes desta data, o clube paulista solicitou que o Leão ceda uma promessa de suas categorias de base. O jovem, cujo nome não foi divulgado, deve chegar nos próximos dias.

O Vitória será adversário do América na fase de grupos da Copa do Nordeste. O primeiro confronto entre potiguares e baianos está marcado para acontecer no dia 11 de fevereiro, no Barradão.
 
América e Vitória estão no grupo E do Nordestão, ao lado de Botafogo/PB e Sergipe. 

Alecrim x Baraúnas registra pior público da Arena das Dunas

Compartilhe esse conteúdo

A vitória do Baraúnas por 2 a 0 diante do Alecrim no domingo passado (15) representou o pior público da história da Arena das Dunas em competições masculinas. A informação é do pesquisador de futebol potiguar Marcos Trindade. 
 
A partida registrou o público pagante de 275 pessoas. Os gols do duelo foram marcados por Beleu e Caio Dittmar na estreia do ex-jogador Barata no cargo de treinador.
 
A única partida que teve um número menor de pessoas foi o duelo entre União e Caucaia-CE, vencido por 3 a 1 pelo União, em 24 de agosto do ano passado, pela Copa do Brasil feminina.
 
O menor público registrado em jogos oficiais masculino pertencia ao América, na vitória por 4 a 1, diante do Baraúnas, em abril de 2015, pelo Campeonato Potiguar. Na oportunidade, 1.076 pessoas assistiram ao jogo como pagantes.
 
Menores públicos em jogos oficiais masculino:
 
1º) 15/01/2017 - Alecrim 0x2 Baraúnas  (Campeonato Potiguar)
275 pagantes
 
2º) 08/04/2015 - América 4x1 Baraúnas (Campeonato Potiguar)
1.076 pagantes
 
3º) 16/03/2014 - América 4x2 Baraúnas (Campeonato Potiguar)
1.589 pagantes
 
4º) 14/01/2017 - Santa Cruz de Natal 0x0 América (Campeonato Potiguar)
1.592 pagantes
 
5º) 08/03/2015 - América 3x0 Força e Luz (Campeonato Potiguar)
1.659 pagantes
 
 
Pior público
 
24/08/2016 - União 3x1 Caucaia-CE (Copa do Brasil Feminino)
194 pagantes
 
*Dados do pesquisador potiguar Marcos Trindade
 

 

Técnico campeão da Série B está desaparecido e polícia inicia buscas

Compartilhe esse conteúdo

Marcelo Cabo, técnico do Atlético Goianiense, está desaparecido desde a madrugada de domingo. A diretoria do clube goiano registrou Boletim de Ocorrência nesta segunda-feira no Delegacia Estadual de Investigação Criminal (DEIC) e a polícia já iniciou as buscas. Ele não é visto desde que deixou sua casa às 3h02 de domingo. 
 
No sábado, o Atlético-GO fez um amistoso contra o Gama, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia, perdendo por 1 a 0. Após a partida, de acordo com relatos, Cabo seguiu para uma "resenha" com amigos. Ele retornou para seu apartamento durante a madrugada. Ligou para a família, que vive no Rio, e saiu.
 
"É uma coisa estranha, porque ele deixou o celular e deixou a carteira", opina o tenente-coronel Wellington Urzeda, responsável pelo caso. "Trata-se de uma pessoa excepcional, todo mundo conhece, sabe que não é da noite. É um cara muito discreto Não tem histórico nenhum de sair à noite", apontou Urzeda.
 
Cabo, que havia optado por estacionar o carro na rua e não no estacionamento do prédio, depois desceu do apartamento e, sozinho, entrou no seu carro, um Palio branco. Depois disso, não foi mais encontrado. Quando um membro da diretoria foi até o apartamento dele, encontrou o celular carregando.
 
"Ele tem a saúde plena, não tem problema de depressão, isso que nos intriga. Estamos torcendo e querendo o melhor. Como saiu sem celular e carteira, pode ter tido um mal súbito e levado para um hospital. Como estava sem documento, não foi identificado. A gente trabalha nessa via de mesmo estando com a saúde pela, ele possa estar bem em algum lugar", completou Urzeda.
 
Em entrevista à Rádio 730 AM, de Goiânia, o diretor de futebol do Atlético-GO, Adson José Batista, mostrou abatimento. "É uma situação difícil de absorver, é uma situação que está muito tensa, sem condição até de falar. Esperar que Deus ilumine e que termine da melhor maneira possível. A família está desesperada, passando por momentos difíceis", relatou.
 
 

Acusado de sonegar impostos, Neymar tentará evitar multa milionária nesta quinta

Compartilhe esse conteúdo

Os advogados de Neymar tentarão quinta-feira, em Brasília, no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), livrar o atacante do pagamento de R$ 188 milhões em multas e impostos. Em processo aberto no ano passado, o jogador do Barcelona será julgado pelo órgão. Neymar é acusado de sonegação, mas não admite a dívida com a Receita Federal e, por isso, resolveu recorrer ao Carf.
 
O atacante possui dois processos em andamento no Carf, órgão responsável por julgar autuações aplicadas pela Receita Federal. É a segunda e última cartada de Neymar na esfera administrativa. Na Justiça, o desembargador Carlos Muta, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3.ª Região, já determinou o bloqueio de R$ 188 milhões de Neymar e das empresas da família. 
 
A acusação é de que o atacante não teria feito o pagamento de imposto de renda na pessoa física referente a valores que recebeu de seus patrocinadores. Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, Altamiro Lopes Bezerra, CEO da NR Sports, empresa que gerencia a carreira do jogador, critica a cobrança feita pela Receita Federal.
 
"A atividade profissional do Neymar é ser jogador de futebol. É nisso que ele tem de ser tributado como pessoa física. Os contratos de publicidade são referentes à imagem dele. Por isso, a tributação é outra", diz.
 
Para a Receita Federal, no entanto, as empresas foram criadas pela família do jogador para que ele pagasse menos impostos. Na pessoa física, a tributação é de 27,5% do total de rendimentos. Já as empresas pagam entre 15% e 27,5%.
 
Neymar não consta como sócio nas empresas que teriam recebido os pagamentos efetuados pelos patrocinadores do jogador. Os donos são seus pais Neymar e Nadine.
 
Para a Receita, o jogador declarou como direito de imagem o que seria, na verdade, seus vencimentos como salário. Neymar teria sonegado impostos de 2011 a 2013, período que em que defendeu o Santos e que inclui a negociação da sua transferência para o Barcelona.
 
Por questionar a cobrança da dívida com a Receita Federal, Neymar entrou com um processo no Carf em abril do ano passado. A relatora do caso é Bianca Felicia Rothschild. Como no caso do jogador do Barcelona há indícios de crime contra a ordem tributária, a ação movida por Neymar teve prioridade e a tramitação foi acelerada.
 
"Pagamos corretamente todos os impostos. Não devemos um centavo e temos os comprovantes", contesta Bezerra.
 
Devido à tramitação do processo no Carf, o juiz Mateus Castelo Branco, da 5.ª Vara Federal de Santos, rejeitou denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o jogador por sonegação fiscal e falsidade ideológica. O magistrado espera o esgotamento das discussões na esfera administrativa e o julgamento no Carf para decidir se abre ou não ação na Justiça contra Neymar e seu pai.
 
HISTÓRICO DESFAVORÁVEL - O atacante não é o primeiro atleta de destaque a recorrer ao Carf para se defender da acusação de sonegação de impostos. No ano passado, o ex-tenista Gustavo Kuerten apresentou pessoalmente a sua defesa ao conselho para justificar que a empresa constituída com seu irmão Rafael tinha como objetivo gerenciar a sua carreira e seus direitos de imagem, e não pagar menos impostos. 
 
Guga, no entanto, não conseguiu convencer os conselheiros e saiu derrotado.
 
O tribunal entendeu que a exploração da imagem de um atleta tem de ser feita pela pessoa física e vê irregularidade em empresas que recebem valores relacionados a patrocinadores. O caso de Neymar é semelhante ao de Guga.

Nando brilha, ABC vence Globo e é líder do Estadual ao lado do Baraúnas

Compartilhe esse conteúdo

O Campeonato Potiguar parece fazer bem ao atacante Nando. Artilheiro da competição no ano passado com 16 gols, ele reestreou no Estadual do Rio Grande do Norte com o pé direito. Depois de uma Série C irregular, o atacante marcou os dois gols que deram a vitória ao ABC diante do Globo neste domingo (15) e colocou o Alvinegro na liderança da Copa Cidade do Natal nesta primeira rodada ao lado do Baraúnas.

Na busca pelo bicampeonato, o ABC estreou bem com uma vitória por 2 a 0 diante de um dos favoritos da competição, o Globo de Ceará-Mirim. Em casa, o Alvinegro abriu o placar aos 34 do primeiro tempo quando Rafael defendeu chute de Erivélton e Nando aproveitou o rebote para balançar as redes.

O segundo gol saiu aos 34 minutos, mas dessa vez, do segundo tempo. Erivélton deu passe para camisa 9, que carregou a bola, e finalizou para marcar o segundo. Os gols deram tranquilidade

O próximo compromisso do Alvinegro é na quarta-feira (18) já em confronto direto pela liderança diante do Baraúnas, que venceu o Alecrim na estreia. A partida acontecerá no estádio Edgarzão, em Assu, às 19h15.

Outro jogo

O Baraúnas divide a liderança da competição com o ABC. O time treinado pelo ex-jogador Barata venceu o Alecrim por 2 a 0 na estreia na Arena das Dunas neste domingo (15) com gols de Beleu e Caio Dittmar. 

 

ABC e Globo estreiam hoje no Campeonato Potiguar 2017

Compartilhe esse conteúdo

Atual campeão estadual, o ABC inicia hoje a sua caminhada em defesa da hegemonia no futebol do Rio Grande do Norte. O alvinegro, detentor de 53 títulos do Campeonato Potiguar, estreia diante do Globo, no estádio Frasqueirão, às 17h.
 
O ABC foi o último clube a iniciar a preparação para a temporada. O time se reapresentou na primeira semana de dezembro, interrompeu as atividades para as festa de fim de ano, e retomou os trabalhos em janeiro. Geninho, no entanto, voltou a Natal apenas na segunda-feira passada e comandou o primeiro coletivo só na quarta.
 
O Globo, por sua vez, teve tempo de sobra para se preparar para o estadual. A equipe se Ceará-Mirim iniciou a pré-temporada na segunda metade de novembro. O clube manteve a base do time que disputou a Série D e o estadual da temporada passada. O meia Bismark é a única novidade para 2017.
 
Essa distância na preparação das equipes preocupa o zagueiro Léo Fortunato, do ABC. O defensor projeta que o alvinegro terá dificuldade para conseguir atuar em bom nível nas primeiras partidas do ano. Para o jogo contra o Globo, em especial, Fortunato acredita que o rival larga em vantagem por estar mais bem condicionado fisicamente.
 
“Sabemos que a equipe do Globo é forte, tem jogadores de qualidade, e é uma equipe que joga junta há muito tempo. Além disso, eles começaram a preparação bem antes e chegarão mais soltos para a partida. Será um jogo complicado, mas estamos trabalhando forte para fazer uma boa estreia”, comentou o zagueiro.
 
Além das questões físicas, o ABC também buscará entrosamento ao longo das primeiras rodadas do campeonato. Embora a base da equipe seja a mesma da temporada passada, pelo menos quatro novos jogadores devem ser escalados entre os titulares para a partida deste sábado.
 
O setor defensivo será o mais atingido por mudanças. Entre o fim da temporada 2016 e o início deste ano, o clube perdeu os laterais Filipi Souza, titular no lado direito, e Alex Ruan, titular no lado oposto. Para suprir as lacunas em aberto, a diretoria do ABC buscou os reforços de Levy, ex-Remo, e Romano, ex-Boa Esporte.
 
Romano, inclusive, foi considerado o melhor lateral-esquerdo da última Série C, atuando pelo time mineiro. O Boa sagrou-se campeão da competição nacional. Além dos novos laterais, o ABC também terá novidades no meio de campo e no ataque. Mesmo com as saídas de Lúcio Flávio (meia) e Jones Carioca, artilheiro do clube na temporada passada, Geninho deve manter o mesmo esquema que consagrou o time campeão estadual no ano passado. Com isso, o técnico deve promover a entrada de Márcio Passos no meio de campo – adiantando Guedes para a armação – e do recém-contratado Túlio Renan para a ponta esquerda.
 
Ao longo da semana, Geninho também experimentou as entradas de Fábio Gama na armação e Dalberto na ponta. O paraguaio Echeverria, que durante a pré-temporada renovou o seu contrato, não deve iniciar entre os titulares.
 
Desse modo, o ABC deve começar a temporada com a seguinte escalação: Edson; Levy, Léo Fortunato, Cleiton e Romano; Anderson Pedra, Márcio Passos (Fábio Gama) e Felipe Guedes; Erivelton e Túlio Renan; Nando.
 
Já o Globo não terá grandes mudanças em seu time titular. A base da equipe é a mesma que já joga junta há duas temporadas. O técnico Luizinho Lopes deve optar apenas pela entrada de Bismark na armação no lugar de Renatinho Potiguar, que inicia no banco de reservas.
Desse modo, o Globo vai a campo com Rafael; Ângelo, Negreti, Jamerson Neves e Renatinho Carioca; Leomir, Pablo Oliveira e Bismarck; Tiago Lima, Romarinho e Luizão.
 
 
Erivelton x Romarinho: uma luta por afirmação
 
A temporada 2017 será de afirmação para dois dos principais valores do futebol potiguar: Erivelton, do ABC, e Romarinho, do Globo. Ambos são da mesma geração e hoje são peças-chaves de seus respectivos times, mas ainda convivem com altos e baixos.
 
Erivelton viveu um sonho em 2016. O jovem de 24 anos se redescobriu atuando sob comando de Geninho. O treinador, enfim, encontrou a melhor forma de aproveitar a velocidade e o bom passe o habilidoso meio-campista.
 
Depois de algumas tentativas sem sucesso como armador em temporadas anteriores, o meia passou a ocupar o lado do campo e teve um ótimo aproveitamento. Foram quatro gols em 2016, entre eles o que garantiu o acesso à Série B contra o Botafogo-SP, e um grande número de assistências.
 
O jogador terminou a temporada como principal jogador do ano. Neste ano, Erivelton terá a missão de manter a boa fase e conduzir o ABC a conquista do bicampeonato estadual.
 
Situação semelhante vive Romarinho. O atacante, na temporada passada, disputou 23 jogos pelo Globo e marcou nove gols. O time de Ceará-Mirim disputou o Campeonato Potiguar, a Copa do Brasil e a Série D. Não obteve sucesso em nenhuma das competições.
 
A eliminação precoce na quarta divisão abriu as portas para que Romarinho fosse integrado ao elenco do América, que lutava contra o rebaixamento para a Série D. O atacante chegou a ser utilizado em seis jogos pelo técnico Francisco Diá, mas não conseguiu ser decisivo ao ponto de impedir a queda do alvirrubro. Nesta temporada, o habilidoso ponta de 22 anos terá mais uma chance de se tornar uma realidade e galgar maiores resultados em sua carreira. Romarinho tem a missão de conduzir o Globo ao primeiro título estadual de sua história.
 
 
FICHA TÉCNICA
 
ABC
 
Edson; Levy, Léo Fortunato, Cleiton e Romano; Anderson Pedra, Márcio Passos (Fábio Gama) e Felipe Guedes; Erivelton e Túlio Renan; Nando. 
Técnico: Geninho
 
GLOBO 
 
Globo: Rafael; Ângelo, Negreti, Jamerson Neves e Renatinho Carioca; Leomir, Pablo Oliveira e Bismarck; Tiago Lima, Romarinho e Luizão. 
Técnico: Luizinho Lopes.
 
Árbitro: Ítalo Medeiros de Azevedo (CBF)
Local: Estádio Frasqueirão.Horário: 17h