CBFA unifica o campeonato nacional de Futebol Americano!

Compartilhe esse conteúdo

O que até então era um sonho, a Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBF) tornou realidade. Na última sexta-feira (17), a entidade emitiu nota oficial, surpreendendo os adeptos, praticantes, e atletas amadores do esporte. Para aqueles que não acompanham, o FA no Brasil era composto por duas ligas. Uma delas era a liga da entidade, a Superliga Nacional, chaveada com fases regionais. Já a outra competição era o Torneio Touchdown, uma liga independente produzida por empresas parceiras, que contava com 16 equipes. Essas equipes pertencentes a liga Touchdown, irão juntar-se aos times que disputam a competição oficial. O atual modelo do torneio da confederação é formado por uma primeira divisão, a Superliga Nacional. E pela Liga Nacional, uma divisão inferior. Quanto a integração das equipes, a confederação ainda não anunciou o procedimento que será adotado.

A medida é considerada histórica para o esporte no país. A confederação disposta a ajudar os clubes, e com intenção de fortalecer ainda mais o Futebol Americano no Brasil. 

Segundo informações colhidas pelo Blog, as equipes vindas do Torneio Touchdown devem jogar a Superliga Nacional, correspondente a primeira divisão. Levando em consideração a última temporada, a Superliga Nacional é dividida em conferências, sendo elas Nordeste, em 2015 contou com nove equipes, e a Centro-Sul com sete. Com o acréscimo de 16 equipes, a Superliga, reiterando, equivalente a primeira divisão nacional, contaria com 24 equipes. Além dos oito times da divisão inferior. 

Confira abaixo, a nota emitida pela Confederação:

 
 
“Nota Oficial de Unificação
 
“Unir-se é um bom começo, manter a união é um progresso e trabalhar em conjunto é a vitória” (Henry Ford).
 
Para ser um grande jogador de futebol americano, é preciso velocidade, agilidade, força e talento. Mas para montar uma grande equipe de futebol americano, é necessário que todos trabalhem juntos em torno do mesmo objetivo. Assim também é o esporte, que para se desenvolver precisa de todos os seus personagens: instituições, equipes, dirigentes, atletas e fãs, pois a complexidade deste esporte que praticamos, em um lugar improvável como o Brasil, transcende a alegria e a dor individual. É um esporte, acima de tudo, coletivo.
 
Atualmente nos deparamos com centenas de equipes pelo país, milhares de atletas dedicados ao esporte, torcedores que lotam estádios em todas as regiões do Brasil e fãs que batem recordes nas transmissões televisivas. No início, dificilmente pensávamos em chegar ao lugar que estamos e se pensamos, não sabíamos ao certo como seria. Começamos com a ingenuidade e pureza daqueles que sonham com transformações, mas amadurecemos com as dificuldades do caminho e protagonizamos uma das maiores expansões esportivas do cenário nacional. O amor pelo Futebol Americano nos incitou a sonharmos juntos. E como dizem, o sonho que se sonha junto vira realidade. Nosso esporte já é uma realidade. E no dia 17 de março de 2016, mais um dos nossos sonhos virou realidade. Nesse dia, nós deixamos as diferenças de lado e resolvemos caminhar juntos em torno do mesmo ideal. Nesse dia, nós decidimos que juntos, somos mais fortes.
 
É com enorme satisfação que anunciamos a nossa união em torno do mesmo ideal. Um Campeonato Brasileiro único, que será disputado pelas melhores equipes do país, em duas divisões, sendo 32 em sua divisão principal. Todos os detalhes do maior Campeonato Brasileiro já realizado até hoje, que contará com um modelo único de negócio, pensado para fortalecer os times e assim fortalecer o esporte, serão divulgados em breve. Agora é hora de comemorar essa vitória do esporte e do bom senso!
 
17 de março de 2016,
 
Guto Sousa
Presidente da CBFA”
 

Faça a sua doação! Ação Social leva Bulls ao Lar do Ancião.

Compartilhe esse conteúdo

A diretoria junto com os atletas do América Bulls novamente uniram-se em prol dos mais necessitados. A ação da vez levará mantimentos para o Lar do Ancião Evangélico, localizado no bairro de Pirangi, em Natal. 
 
O Bulls tem se caracterizado nos últimos anos por promover essas ações sociais, o que faz parte do ideal da equipe potiguar. No final do último ano, já havia sido feita uma ação social no Instituto Juvino Barreto, onde os atletas ajudaram a capinar o terreno, em que posteriormente seria transformado em uma horta. A ação no LAE busca continuar no mesmo segmento, o auxílio aos lares de idosos.
 
A ação no Lar do Ancião prima por materiais específicos,  ea escolha da instituição veio devido a sua situação precária, onde corre até o risco de fechar, o que seria um dano para a cidade, tendo em vista que os outros lares de idosos estão lotados. Atualmente o LAE atende 31 residentes.
 
Confira abaixo, a lista com os materiais de maior necessidade:
 
# Fraldas geriátricas - tamanho G e GG;
# Ataduras para curativo;
# Álcool  a 70%;
# Luvas de Procedimento - Tamanho M;
# Espessante Sustagem;
# Isosource 1.0 (dieta);
 
As doações podem ser feitas diretamente aos jogadores do Bulls, ou ainda, através da página oficial da equipe nas redes sociais. 
 
 
Foto: Reprodução/Google Maps. 

Bulls divulga lista de selecionados em Try Out

Compartilhe esse conteúdo

Na noite dessa terça-feira, a diretoria do América Bulls divulgou a lista dos atletas selecionaveis no Try Out, realizado sábado (10), no Aero Clube de Natal. De acordo com Rafael Natan, head coach da equipe potiguar, os atletas serão melhor avaliados a partir dos primeiros treinamentos com o restante do grupo. "Durante o Try Out, tivemos boas demonstrações da parte física. Daqui pra frente vamos avaliar a parte técnica", afirmou Natan. Os atletas com maior desempenho, serão integrados para o elenco do time principal, já os atletas que estiverem abaixo do nível técnico, podem integrar o time de desenvolvimento do América. 
 
Participaram do recrutamento 44 atletas, com faixa etária classificada de 15 a 38 anos. 
 
Segue abaixo a lista de aprovados:
 
Alexandre Augusto Souza da Silva                        
Anderson Azevedo
Bruno Araújo de Souza
Darlan Deuths Borges de Medeiros
Davi Felipe                                                        
Davi Luiz Xavier
Elisson Cunha Castro
Fábio Henrique Costa de Faria  
Filipe Fonseca Martins
Flávio da Costa Duarte
Francisco Josevaldo da Silva
George Alessandro Pereira da Rocha                                
Gideão Fernandes da Cruz
Glenderson Charliê Maciel Nogueira
Guilherme Bruno Emerenciano
Guilhermi Oliveira          
Herbert Ferreira de Farias
Iago Lima                                                                             
João Augusto Marques Da Silva
João Pedro Querino da Silva
Jorge Luis de Lima Bezerra
José Fernandes Filho     
Juliano Fernandes Dias Taveira de Brito
Leonardo Alves
Leonardo Saads Pinto
Lucas Barros Fernandes 
Manoel Tavares do Nascimento Neto
Matheus André Silva de Lima
Matheus Muniz de Araújo
Matheus William de Sousa Ferreira
Mickael Hackner da Silva Felismino
Obede dos Santos Silva Junior
Paulo Henrique Lopes Carlos
Pedro Henrique Borges de Souza Costa
Plinio Mikael de Morais Santos
Rafael da Silva Barros
Rafael Thalles
Rafael Venâncio de Melo Oliveira
Renato Hesdras S M Oliveira
Welton Luis da Silva Lima
Weslley Souza do Nascimento
Wilkinson Rodrigo da Silva 
Yuri Calistrato de Almeida
 
Foto Capa: Pedro Henrique Santiago
Fotos Texto: Edmo Nathan

América Bulls monta elenco feminino de Flag Football

Compartilhe esse conteúdo

No início da temporada de 2016, foi anunciado oficialmente pelos clubes uma fusão entre América Bulls Potiguares e Natal Corsários. A intenção da gerência americana, além de fortalecer seu grupo de Flag, seria compor a sua diretoria, aproveitando uma equipe que tinham funções determinadas no Corsários.
 
A até então equipe do Natal Corsários, era destaque no Rio Grande do Norte praticando o Flag Football, uma modalidade do Futebol Americano. Para aqueles que ainda não conhecem, o Flag é uma variação do FullPad tradicional, sem a utilização dos equipamentos. Nesse caso, o Flag Football é jogado em campo reduzido, e não conta com a presença constante dos choques. 
 
O elenco feminino formado pelo Bulls não é o primeiro do Rio Grande do Norte. De acordo com Thalinny Costa, Presidente da equipe feminina, e Center do time, o Flag Feminino no estado existe desde 2015, quando a equipe do Natal Corsários desenvolveu, após a fusão, as garotas passaram a defender as cores do América, e somente agora conseguiu a estabilidade. "Melhoramos a nossa organização interna, e nos empenhamos em divulgar mais o time", disse ela. Perguntada sobre a dificuldade em galgar novas atletas, Thalinny contou ainda que a princípio uma das maiores dificuldades era encontrar meninas dispostas para jogar o Flag. "Através de alguns recursos como amigas em comum, cartazes, e outros modos, acabou sendo construida uma rede de conexões, que tem se expandido a cada treino". Com a formação da equipe, o time atual do Bulls possui 18 meninas. 
 
Com a construção do time, Thalinny cita ainda importância de uma equipe de Flag Feminino para o esporte no RN. "Demos um grande passo, fortificando mais um espaço para que as mulheres que tanto admiram o esporte, estejam atuando nele. Por termos concretizado o objetivo de formar um time, almejamos estar entre as melhores equipes do país, trazendo representatividade para o nosso estado, em um esporte que vem crescendo tanto no Brasil".
 
 
"Vale salientar que nada disso seria possível sem a ajuda do presidente de Flag Football Márcio Barreto, e ainda de Heitor Medeiros, um dos melhores treinadores do estado", completou Thalinny.
 
A equipe feminina possui dois jogos já programados para o mês de Janeiro. Inicialmente, as meninas vão enfrentar o time de desenvolvimento do América Bulls, em um amistoso. Posteriormente  enfrentam a equipe feminina do Cabugi Goats, o jogo provavelmente será a abertura de um torneio com equipes masculinas do Rio Grande do Norte. O certame deve contar ainda com um time paraíbano. 
 
O esporte cresce no Brasil, na mesma velocidade do sonho dessas meninas. "O objetivo principal é tornarmos uma referência nacional no esporte. Parece audacioso que um time tão jovem almeje tão alto, mas vejo muito potencial em cada uma das minhas atletas, estamos todas focadas neste ideal", encerrou Thalinny.

 

Seletiva recruta atletas para o América Bulls

Compartilhe esse conteúdo

Com saldo positivo após a temporada 2016, a equipe do América Bulls realizará neste sábado (10), um Try Out para selecionar novos atletas para seu elenco. Um dos principais trunfos do elenco que levou o Bulls aos playoffs na temporada recém encerrada, foi a evolução entre os calouros da equipe. 
 
Para explicar um pouco sobre como vai ocorrer o Try Out, conversamos com o novo head coach da equipe, Rafael Natan, anunciado em primeira mão aqui pelo Blog End Zone, no mês de Novembro. https://goo.gl/HUAbpl
 
Em 2016, o Bulls anunciou a equipe de desenvolvimento. Uma espécie de categoria de base do Futebol Americano, onde os atletas promissores continuariam treinando, evoluindo, até que chegue o seu momento de ingressar na equipe principal. 
 
Blog End Zone:  O recrutamento de sábado, os atletas estarão selecionaveis tanto para a equipe principal, quanto para o time de desenvolvimento?
 
Rafael Natan: Sim, para ambos! Estamos procurando atletas para agregar ao nosso time. Aqueles que atenderem a expectativa da comissão técnica, vão ter a oportunidade de participar já da equipe principal. Aqueles que nós acharmos que podem evoluir, vão fazer parte do nosso time de desenvolvimento.
 
Blog End Zone: A temporada de 2016 foi de grande valorização dos calouros da equipe. Acredita que uma nova safra pode agregar ao time após o Try Out?
 
Rafael Natan: Sem sombra de dúvidas. O Try Out é muito importante na formação de qualquer time no Brasil. É de lá que vem a principal matéria prima para a formação de um time campeão.
 
Blog End Zone: Qual a idade mínima para participar do Try Out? 
 
Rafael Natan: Para ser apto a fazer parte da equipe principal o candidato deve ter no mínimo 16 anos. Os mais novos, a depender do caso, podem ser efetivados no time de desenvolvimento.
 
Blog End Zone: Quais os tipos de testes que serão realizados no sábado?
 
Rafael Natan: Vamos priorizar os teste para avaliar a capacidade física do atleta. Tiro de 40 jardas e supino reto são exemplos de bons parâmetros para fazermos uma boa seleção.
 
Blog End Zone: Em relação aos treinos com bola, através da primeira seletiva já podemos identificar aqueles que possuem maior intimidade com o esporte, e aqueles que possam ser lapidados?
 
Rafael Natan: O futebol americano é um esporte que pode ser muito bem ensinado para todos. Então a parte com bola em um primeiro momento não é tão importante na nossa seleção. Aquele que for selecionado terá a oportunidade de aprender tudo que o esporte pode oferecer.
Algumas informações básicas a respeito do Try Out: O recrutamento irá ocorrer neste sábado (10), às 14h, no Aero Clube de Natal. Para participar é necessário a realização de um cadastro, e o valor da inscrição é 30 reais.  
 
Link para o cadastro:  http://bit.ly/2fAIWhq

 

Foto Principal: Walmir Cirne/Coofiav/Gazeta Press

Arte: Reprodução/Facebook América Bulls

 

América Bulls projeta 2017 com nova comissão técnica.

Compartilhe esse conteúdo

Após um ano fora dos playoffs, em 2016 o Bulls conseguiu voltar a um lugar de destaque no cenário do futebol americano no Nordeste. Para quem acompanhou a temporada da equipe potiguar, viu uma clara ascendência entre os calouros da equipe, abrindo margem para acreditar que esses possam gerar bons frutos ao América.
 
Finalizada a temporada, a diretoria da equipe já começa a movimentar-se para a temporada de 2017. Isso é possível pela estabilidade que o fim da temporada trouxe para o América. Segundo o Diretor Executivo Bruno Medeiros, 2016 foi um ano diferente. "Passamos por uma transição em 2016. Transformamos o time em uma empresa, e por isso esperavamos algumas dificuldades. Atingimos duas metas importantes, concluir o ano sem dívidas financeiras, e esportivamente, voltamos aos playoffs" ressaltou ele.
 
Para traçar o planejamento, um dos primeiros passos foi anunciar a nova comissão técnica, que com um bom período de tempo, poderá realizar uma boa pré-temporada. 
 
A diretoria do Bulls anunciou como novo Head Coach (técnico principal), Rafael Natan. Natan tem 23 anos, e começou no futebol americano em 2013, como atleta do Ufersa Petroleiros, em Mossoró. No início do ano de 2016, participou de treinamento na Universidade de GeorgeTown, em Washington, nos Estados Unidos. Em seu retorno ao Brasil, assumiu a equipe do Petroleiros. 
 
 
"Primeiramente é uma honra fazer parte de uma agremiação tão tradicional no futebol americano nacional. É uma responsabilidade fazer um bom trabalho, fazendo a equipe alcançar degraus ainda mais altos. Temos um bom plantel para 2017", contou Natan.
 
Outro anúncio feito pela direção foi do Coordenador Ofensivo. Quem assume o cargo a partir de agora é Heitor Medeiros. Heitor aos 14 anos começou a sua carreira como jogador também no Ufersa Petroleiros. Após uma lesão, optou por abandonar a carreira de jogador, e dedicar-se a vida de treinador. Nessa função, começou em 2014 como coordenador defensivo. Com 19 anos, Heitor é um dos treinadores mais novos do país na Superliga Nacional. 
 
"O Bulls me procurou para integrar a comissão no próximo ano. A expecativa e o planejamento para o futuro, é firmar a equipe entre as quatro melhores do Nordeste", disse Heitor.
 
 
Sobre a comissão técnica, Bruno Medeiros ainda explicou sobre a escolha. "Ambos se prepararam bastante nos últimos anos. Com a chegada dos novos membros, aliado com a permanência dos demais, teremos um dos melhores corpos técnicos do Nordeste".
 
Entre os novos membros anunciados, uma sintonia deve existir. Ambos vêm da equipe do Petroleiros, e sobre a continuidade do trabalho em conjunto, agora defendendo o América Bulls, Natan citou um entrosamento entre eles. "O coach Heitor é reconhecidamente uma das melhores mentes do futebol americano no Nordeste. Trabalhamos juntos desde 2013, e o nosso entrosamento vai ser parte importante na formação da equipe para os anos seguintes", contou.
 
"Natan trouxe muito conhecimento do período em que esteve nos Estados Unidos. Vamos aplicar nossos conceitos no Bulls. Estamos trazendo projetos para melhorar todos os setores da equipe", completou Heitor.
 
Em breve o América Bulls anunciará o Try Out da temporada 2017, em busca de selecionar novos atletas.