As melhores paródias do hit "Deu onda" do MC G15

Compartilhe esse conteúdo

Não bastasse o sucesso do hit "Deu Onda" do MC G15 , a internet agora está fervendo com as centenas de versões que parodiam a música. O NOVO reuniu as melhores (ou seriam piores? você decide!) recriações da música mais chiclete de 2017: 

1) Remix - Essa versão vai garantir que você curta a música na casa de praia da família sem que suas tias ou seus pais queiram te deserdar: 

2) "Tô redonda" -  Quem começou 2017 tentando alavancar o projeto fitness, vai encontrar um refúgio nessas duas versões: 

 

 

3) "Neymarquezine" - Bastou o casal Neymar e Bruna Marquezine mostrar indícios de retorno que o povo tratou de fazer a versão mais ousada da música:

5) Em Libras - O hit agora também está acessível na Língua Brasileira de Sinais

6) Verão drama - O calor chegou com tudo? Calma! Já tem versão pra reclamar que o seu "ventilador não dá conta":

7) Versão feminina - Tem também uma versão para as minas cantarem! 

 

Ok. Chega! Já deu... 

Vídeo da Pixar confirma que filmes estão ligados; veja

Compartilhe esse conteúdo

Veja os participantes já anunciados no BBB17

Compartilhe esse conteúdo

Luiza Brunet diz ser mulher empoderada muito antes do termo estar na moda

Compartilhe esse conteúdo

Luiza Brunet está lançando a quarta fragrância que leva o seu nome, fruto de uma parceria com a empresa de cosméticos Avon A atriz conta que participou intensamente do desenvolvimento do "Luiza by Luiza Brunet" e que o perfume reflete seu momento de vida e sua história.
 
"Minha participação é 100% nesse processo, estou envolvida desde as primeiras reuniões para decidir o caminho olfativo da fragrância, por exemplo. O 'Luiza by Luiza Brunet' foi criado de dentro para fora", diz a atriz. O deo parfum, que custa R$ 54,99, traz ingredientes como bruma de Sândalo - matéria-prima responsável pelo toque de feminilidade - e o âmbar extreme - toque amadeirado e autêntico.
 
Ao ser questionada sobre a fragrância favorita entre as que levam seu nome, ela fica em dúvida. "É difícil dizer quando você participa tão de perto da criação", afirma a atriz no auge de seus 54 anos.
 
Falando sobre sua história, Luiza Brunet ressalta que veio de uma família pobre. Ser a segunda filha entre as cinco irmãs influenciou sua personalidade, pois sempre recebia do pai afazeres que eram considerados masculinos.
 
A modelo também relembra que se emancipou aos 16 anos para poder se casar. Também tornou sua filha Yasmin autônoma legalmente para que a jovem pudesse seguir carreira internacional na moda.
 
Tudo isso fez com que Luiza Brunet fosse sinônimo de uma mulher forte. "Emancipação já é um tipo de empoderamento. Eu sempre estive envolvida em campanhas de empoderamento feminino muito antes dessa palavra ser usada. Acho maravilhoso ser vista como uma mulher de atitude, com envolvimento social, ainda mais vinda de uma carreira de modelo."
 
Luiza é embaixadora do Instituto Avon que atualmente tem como causas o combate ao câncer de mama e o enfrentamento à violência doméstica contra mulheres. A atriz está em meio a um processo judicial após acusar o ex-namorado Lírio Parisotto de agressão.

Ludmilla vai processar apresentador da Record que a chamou de 'macaca'

Compartilhe esse conteúdo

O empresário da cantora Ludmilla, Alexandre Baptestini, informou ao jornal Correio Braziliense que a funkeira vai entrar com um pedido de prisão de Marcão do Povo, que está à frente programa Balanço Geral do Distrito Federal. O apresentador chamou a cantora de "macaca" ao comentar uma reportagem do quadro "A Hora da Venenosa".
 
O apresentador falava a respeito de uma notícia sobre Ludmilla supostamente ter combinado com o garçom de um restaurante carioca para que ele mentisse que ela estava gripada para evitar que os fãs se aproximassem para tirar fotos. "É uma coisa que não dá para entender. Era pobre e macaca. Mas pobre, pobre mesmo", disse Marcão.
 
Ludmilla publicou no Instagram uma nota sobre o assunto. "Infelizmente, ainda existem pessoas que não compreendem que a discriminação racial é crime e alguns, ainda usam o espaço na mídia para noticiar mentiras ao meu respeito, ofender, menosprezar e propagar todo o seu ódio. Não deixaremos impune tais atos, trata se de um desrespeito absurdo, vergonhoso", escreveu.
 
"Fica evidente que esse cidadão (...) não possui nenhum pudor ou constrangimento em ofender alguém em rede nacional. Como já foi dito por Paulo Autran, "todo preconceito é feito da ignorância", visto que os racistas não possuem um conhecimento de moralidade, tratando sua própria cor de pele como superior e única. Isso tem que ser combatido e farei a minha parte, quantas vezes for necessário".
 

Ai, misericórdia: você precisa conhecer esse meme

Compartilhe esse conteúdo